.comment-link {margin-left:.6em;}

Wednesday, June 22, 2005

 

O Sampaísmo

Leitura indispensável no Jaquinzinhos:

Os portugueses são vítimas de um embuste porque não foram convenientemente informados de uma peculiaridade envolvendo os créditos bancários: os empréstimos são para pagar. Para evitar este engano perpetrado pelo grande capital contra as classes menos favorecidas, é desejável que os assalariados sejam obrigados a pagar as casas e os carros a pronto.

Só mais esta:

Se um governo fizer cortes na despesa e mesmo assim as contas públicas não se equilibrarem, então os cortes não valeram a pena e não deveriam ter sido feitos. Tomemos o exemplo de Portugal. Os cortes feitos no tempo de Manuela Ferreira Leite foram exageradíssimos. Como o Constâncio demonstrou, o resultado foi passarmos de um défice com uma casa decimal para um com duas casas. Daqui se comprova que para combater o défice não se podem fazer cortes na despesa. Está mais que óbvio que se os cortes continuam, para o ano estamos nas 3 casas decimais.

Obrigado, JCD.

Comments: Post a Comment

Links to this post:

Create a Link



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?