.comment-link {margin-left:.6em;}

Friday, October 21, 2005

 

Jogo de espelhos

Li hoje que um dos advogados no processo de Saddam, Saadoun Janabi, foi encontrado morto a tiro após ontem ter sido raptado. Janabi não era advogado de Saddam, mas sim de Awad al-Bander, um dos juizes da ditadura iraquiana que deu cobertura legal ao castigo colectivo aplicado à população de Dujail por uma tentativa de assassinato do rais. Terão sido certamente sh'ia, familiares ou membros da tribo de um dos executados que terão exercido a sua vendetta. No despacho da Reuters, o articulista apressa-se a manifestar a sua preocupação pela qualidade da defesa dos arguidos (do link acima):

Iraq's government condemned the murder, which some human rights groups said could have a "chilling effect" on Saddam's defense team and dim hopes for a fair trial.


Ao ler esta frase, a minha memória recuou até esta notícia, uns meses atrás. Estranhamente, ou talvez não, sou incapaz de detectar a mesma preocupação: um juiz do tribunal especial que iria julgar Saddam é assassinado, mas nada de chilling efects, preocupações com fair trials, ou até uma simples menção por parte de um human rights group.

Comments: Post a Comment

Links to this post:

Create a Link



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?